22 dezembro 2012



açãocorcomigocarcomida#2
PROPANONA
ação para a catalogação de cores

cores
das extremidades 
das unhas
femininas

encontro . diálogo . desprendimento

21.12.2012

PRAIA VERMELHA - RJ

(((((BOOM)))))





16 julho 2012

 Retomo minhas reflexões com grande estima, 
neste processo de 
cor comigo carcomida





06 junho 2011

... abstinência...

... desde que entrei na 38a. semana de gestação, hoje estou na 40a., retirei as cores que artificialmente coloriam as extremidades do meu corpo. Isso mesmo, parei de acumular cores. Venho tendo a nobreza de me contentar com os tons "nude" que nosso próprio corpo nos oferece afetados pelo clima, dentre outras coisas.
Antes de entrar nesta abstinência, permaneci do dia 12 de fevereiro, quando apliquei em todo comprimento das unhas uma camada de "amarelo manga", até a soltura completa desta cor de mim espontâneamente, motivados pelo carcomimento dos meus afazeres e da fixação da tinta, esse processo durou por volta de 3 meses ... amarelei !!!
Porém, faz duas semanas que fui atacada por uma overdose de vermelhos.  Estive numa reunião onde todas as mulheres que se encontravam com as unhas pintadas, escolheram o vermelho como cor. Das tonalidades mais vivas às mais escuras, eram superfícies alongadas, lisas e brilhantes, que me aguçaram ainda mais a falta.
"Da cor à cor inexistente", prossigo observando o "nude" da abstinência.
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

18 fevereiro 2011

décima quarta (derradeira) camada

... nesta última camada de cor, me dei conta de que não existiam mais camadas, pois o tempo se incubiu de desfazê-las, desgarrá-las, soltá-las ...
Percebi que as unhas cresceram rápido demais ( acho que pelo meu estado, gestante). 
Após a décima terceira camada, retoquei a raiz com aquele já conhecido violeta metálico, e nas ponta coloquei um tom ameixa, compondo assim um tríptico violáceo - esta última ação se deu em meados de janeiro. No dia 12 de fevereiro, dia em que removi das unhas essas cores que já se encontravam em mínimas porções delas mesmas, sem nenhuma camada anterior, percebi que o último retoque já se encontrava na metada da unha, metade do suporte era novo e as pontas carcomidas, me deixavam esboços do que um dia já teria sido acumulação. No algodão com removedor surgiram tons claros, um azul bebê esquálido, entremeado por tons violetas um pouco mais vibrante.
Assim, me dando conta de que deixei passar do ponto a ACUMULAÇÃO #2, me preparo para um novo recomeço em breve, de ações que são desdobramentos desse processo, onde investigo a acumulação de cores.

09 janeiro 2011

décima terceira camada



... hoje a superfície pictórica está assim, com um carcomimento natural de 15 dias. Perdi grande parte da acumulação do dedo médio esquerdo e do dedo mínimo direito.

:::azul quase ultramarino:::

{ [ parênteses ] }


será que as fábricas só farão essas cores de esmaltes até o fim do verão?

será que o povo só usará esses tons?

será que no calor eles querem refrescar as extremidades, e no frio aquecê-las?

o que será ??? 

décima segunda camada


...nesta camada apliquei por sobre toda a composição uma demão de esmalte branco transparente, logo após, na parte próxima a raiz das unhas, uma tonalidade cintilante de rosa fucsia. Nas superfícies pictóricas onde houve a perda das camadas anteriores, o reinício se deu com a cobertura completa pelo fucsia.
Estou experimentando já algum tempo tonalidades que variam do vermelho ao violeta, passando pelas diversas tonalidades de azuis, roxos e rosas.

::::::: esta demão foi aplicada no mês de dezembro de 2010 ::::::::

17 novembro 2010

nona camada de cor


Nesta camada apliquei uma demão bastante vigorosa de vermelho; nas unhas as quais havia perdido as acumulações, este vermelho se mostrou vivo e espesso, já nas unhas onde houve a sobreposição o vermelho se apresentou com uma tonalidade mais escura, puxada para o vinho. Na raiz das unhas apliquei um rosa cintilante que complementou muito bem a composição, estabelencendo uma relação entre a cor leitosa e a cintilante; uma cor que deriva da outra, porém com peculiaridades bem definidas.

 

25 outubro 2010

oitava camada de cor

 Cobri as unhas com o esmalte azul, na raiz das unhas pus uma pequena área de cor cinza. Esta área mais escura fazia com que ao observar a superfície pictórica tivéssemos a impressão de profundidade, como se essa parte da unha tivesse um pouco mais profunda, aumentando assim a curvatura do suporte.
Porém pode-se perceber que a curvatura da unha já se encontra alterada pela acumulação de cor.

Fiquei com esta demão por bastante tempo, nas unhas e acabei por perder algumas acumulações. A do dedo mínimo direito se desprendeu sem que eu percebesse. Uns quatro dias depois perdi grande parte da acumulação do dedo médio esquerdo, este desprendimento pude sentir e pegar a camada de cor desprendida, restando apenas uma pequena tira irregular próximo à raiz. Depois perdi parte da acumulação do dedo anelar direito, súbitamente.
É com muito pesar que informo estas perdas.  


24 outubro 2010

sétima camada de cor


Apliquei esta camada de cor para retocar o laranja, que se formou a partir da mistura de cor, anteriormente feita. Essa tonalidade não era exatamente a mesma que se encontrava no suporte, porém possui uma vivacidade receptiva ao olhar e formou uma camada bastante espessa sobre as outras cores.

27 setembro 2010

sexta camada de cor ::::::: corcomigo experimento #1


corcomigo experimento #1

é o registro da aplicação da sexta camada de cor e outras coisas mais ...

25 setembro 2010

quinta camada de cor

                                      



 ... apliquei duas camadas desse rosa fluor fosco sobre a superfície pictórica do
meu polegar esquerdo, o resultado não foi o esperado. Ficou severamente opaco, cobriu demais, aparentando uma matéria cremosa espessa. Logo, nas outras superfícies, apliquei apenas uma demão. Estas ficaram com um acabamento fosco transparente.





No decorrer nos dias algumas superfícies sofreram uma leve erosão, o que permitiu mostrar partes das camadas anteriores.

Considero um acontecimento precoce:
perdi parte da acumulação pictórica do dedo mínimo esquerdo. 

20 setembro 2010

quarta camada de cor

... de um rosa metálico intenso cobri toda superfície pictórica, não me importei com as formas surgidas pelo carcomimento natural, dei uma única camada de cobertura há uma semana, e hoje esta já carece de mais tinta. Por cima da camada anterior, o violeta é o que mais se mostra, tornando o rosa choque "avioletado".

AVIOLET-SE
ULTRAVIOLET-SE


12 setembro 2010

terceira camada


... nesta demão resolvi clarear as coisas, retoquei as bordas com um outro violeta e passei uma camada de esmalte branco translúcido. O esmalto branco era antigo, estava no fim, mas mesmo assim apliquei, surgiram então essas corrugações, essas nervuras.

reação           re-ação

A Ç Ã O

segunda camada de cor


Nesta segunda camada, preenchi os espaços que acabaram por ficar sem cor, seja pelo desprendimento do esmalte, seja pelo crescimento do suporte. Junto a raiz da unha apliquei uma tonalidade de azul violetado e nas bordas um violeta metálico, retornando ao tríptico já experimentado anteriormente.


Percebi que algumas partes dos suportes estão apresentando marcas que aparentam rachaduras brancas, uma espécie de craquelamento, que facilita o desprendimento da camada de cor.

Seguidores

CORCOMIGOCARCOMIDA